Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Práxis

Os filósofos limitaram-se sempre a interpretar o mundo de diversas maneiras; porém, o que importa é modificá-lo.

Práxis

Os filósofos limitaram-se sempre a interpretar o mundo de diversas maneiras; porém, o que importa é modificá-lo.

Para além dos clássicos! Ou nem tanto...

22.06.21
Sempre imaginei que o paraíso fosse uma espécie de biblioteca Jorge Luis Borges   O que é Literatura e por que lê-la? Eis uma questão difícil de responder e que certamente atormenta muitos alunos(as) dos cursos de letras mundo afora. José Eduardo Agualusa, escritor (...)

Se os tubarões fossem homens

17.08.20
Bertolt Brecht Se os tubarões fossem homens, eles fariam construir resistentes caixas do mar Para os peixes pequenos com todos os tipos de alimentos dentro Tanto vegetais, quanto animais Eles cuidariam para que as caixas tivessem água sempre renovada E adotariam todas (...)

Arte e Política

30.06.20
A arte começa onde a imitação acaba. Oscar Wilde Friedrich Nietzsche, filósofo alemão, em maravilhoso estudo (...)

As lições do coronavírus

26.03.20
Texto adaptado de um de autoria anônima. Suponhamos – e fiquemos apenas no campo da especulação que a pandemia de coronavírus, que assola o mundo e aumenta ainda mais a crise do capitalismo mundial, force um governo a tomar medidas extremas para que sua população (...)

A Democracia corrente e seus limites

02.02.20
  Para o amigo Rômulo Lima Vieira Os Estados Unidos têm o melhor congresso que o dinheiro pode comprar Mark Twain Uivemos, disse o cão. Livro das vozes No livro “Ensaio sobre a Lucidez”, o genial escritor universal José Saramago narra o dia – um de grandes (...)

O que é o Fascismo?

15.11.19
Decorrente das reflexões políticas às quais este autor vem tendo o cuidado de formular a respeito da atual conjuntura mundial e de toda a crise global (mas principalmente do caso brasileiro), que vem levando as massas às ruas em todo o planeta, com lutas e rebeliões (...)

O governo Bolsonaro é um governo fascista?

05.04.19
  Primeiramente, antes que julguem o livro pela capa, é importante afirmar que o texto não personaliza a análise na figura de Jair Messias Bolsonaro. É inegável a sua conciliação ideológica - em muitos pontos - com o fascismo, mas não é dele que falamos, e sim (...)

Nazismo: a face da extrema-direita negada por Bolsonaro

05.04.19
 Mais do que propagar uma cortina de fumaça, Bolsonaro e seus seguidores tentam realizar uma disputa ideológica na sociedade com o negacionismo histórico e o obscurantismo anticientífico. Algo que ficou explícito nas suas versões sobre o golpe de 1964, no combate do (...)