Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Práxis

Os filósofos limitaram-se sempre a interpretar o mundo de diversas maneiras; porém, o que importa é modificá-lo.

Práxis

Os filósofos limitaram-se sempre a interpretar o mundo de diversas maneiras; porém, o que importa é modificá-lo.

O Demônio da Literatura

26.10.22
Só se pode chamar ciência ao conjunto de receitas que funcionam sempre. Tudo o resto é literatura. Paul Valéry.   O que (...)

Grandioso cavalheiro

10.10.22
Eu ao ouro me humilho, Meu amante e meu amado, Puro ouro eu enamorado De um dourado contínuo. Que então dobrão sensível, Faço tudo o que eu quero, Grandi (...)

A Palavra-Poema

22.09.22
Fora do poema está a palavra                  oca. só forma, sem alma como o aço frio                  estéril. Dentro do (...)

Resuscitati Parasiti

16.09.22
ÚLTIMAS NÓTICIAS! ÚLTIMAS NOTÍCIAS!! ÚLTIMAS NOTÍCIAS!!! Pretendem ressuscitar o micróbio Lambe-Botas (...)

Norma Oculta

11.09.22
Pego emprestado o título de um livro bastante conhecido entre os estudantes de Letras do Brasil para intitular este meu artigo. E o faço simplesmente pela sua relevância. Escrita pelo linguista, escritor, tradutor e professor Dr. no programa de Letras da UNB (...)

A deliciosa inutilidade da Literatura

24.04.22
              A epígrafe deste texto talvez não fique clara à primeira vista. Este belo Retrato de Cecília Meireles fala sobre os efeitos do tempo e de como - embrenhados em nossas atividades cotidianas - perdemos nosso vigor e nossa juventude. O "eu poético" (...)

O Cânone Literário

13.09.21
Todo(a) o(a) leitor(a) curioso(a) e disposto(a) a imergir a fundo na literatura, seja ela clássica, romântica, moderna ou contemporânea, nacional, internacional, ocidental ou universal (aqueles livros que são referências históricas para várias culturas...) acaba se (...)

O que pode a Literatura?

06.07.21
Texto extraído do livro A Literatura em Perigo, de Tzvetan Todorov. In: TODOROV, Tzvetan. A Literatura em perigo. Tradução: Caio Meira. se. Rio de Janeiro: Diefel, 2009.   Em sua Autobiografia, publicada logo após a sua morte, em 1873, John Stuart Mill narra a (...)

Para além dos clássicos! Ou nem tanto...

22.06.21
Sempre imaginei que o paraíso fosse uma espécie de biblioteca Jorge Luis Borges   O que é Literatura e por que lê-la? Eis uma questão difícil de responder e que certamente atormenta muitos(as) alunos(as) dos cursos de letras mundo afora. José Eduardo Agualusa, (...)